Em ano de vexame na Copa, o Brasileirão mostrou que nosso futebol está:
Em boa fase.
Dando a volta por cima.
Só dois ou três times se salvam.
Uma vergonha.
Não acompanho futebol.
Ver parcial de votos
 
  DOCES E SALGADOS
 

Dilma cai novamente em pesquisa da CNT mas mantém a dianteira na corrida presidencial

 

Avaliação positiva da atual administração recuou de 54,2% para 31,3%; Dilma venceria eleição no 2º turno contra qualquer candidato

16/7/2013 - 11:41 - Redação
 

Nova rodada de pesquisa da CNT, realizada pelo instituto MDA, aponta a segunda queda consecutiva na popularidade da presidenta Dilma Rousseff. Na pesquisa anterior, realizada em junho, a avaliação positiva da sua administração era de 54,2% (em agosto de 2012, era de 56,6%) e a negativa era de 9% (em agosto de 2012, era de 7%). Hoje, 31,3% consideram o seu governo positivo e 29,5%, negativo.

Em relação aos protestos nas ruas, 84,3% dos entrevistados responderam ser favoráveis e 13,9% desaprovam. A participação nas manifestações foi confirmada por 11,9%; 29,6% não participaram, mas têm intenção de participar, enquanto 58% não participaram e não têm desejo de participar.

Para a maioria dos entrevistados (40,3%), a reivindicação mais importante é o fim da corrupção. Em segundo lugar estão melhorias na saúde, com 24,6%. Em seguida, reforma política (16,5%), melhorias na educação (7,8%), melhorias no transporte público (4,6%), e, por último, melhorias na segurança, com 3,7%.

Insatisfação com a corrupção é apontada como o maior motivo das manifestações, com 55% das respostas. Depois, estão insatisfação com a qualidade dos serviços de saúde (47,2%), insatisfação com os gastos da Copa do Mundo (43,7%), insatisfação com os preços e a qualidade do transporte público (30,8%), insatisfação com a qualidade da educação (30,5%). Por último, com 20,5%, foi indicada a insatisfação com a segurança.

Sobre a vinda de médicos estrangeiros para atuar nas regiões mais pobres do Brasil, 49,7% são a favor e 47,4% são contra.

Em relação aos serviços públicos, maior parte dos entrevistados considera que transporte, saúde, segurança e educação estão nas categorias de regular a péssimo. O pior avaliado foi saúde pública, com 58,7% que a consideram negativa. Depois, estão segurança pública (46,1%), transporte público (44,9%), educação pública (40,1%). Em termos positivos, os serviços seguem na ordem crescente: saúde pública (15,5%), segurança pública, educação pública (25,7%), transporte público (26,9%_.

Eleições presidenciais 2014

A intenção de voto para presidente da República no próximo ano, de forma espontânea, isto é, sem oferecer opções para os entrevistados:

• Dilma: 14,8%
• Lula: 10,5%
• Marina Silva: 5,9%
• Aécio Neves: 4,9%
• Eduardo Campos: 1,4%
• José Serra: 1,2%
• Joaquim Barbosa: 0,7%
• Outros: 1,6%
• Nenhum/Branco/Nulo: 21,6%
• Não sabe/não respondeu: 37,4%

Na pesquisa espontânea, foi perguntado ao entrevistado qual partido ele quer ver na presidência das república a partir de 2015:

• PT: 22,1%
• PSDB: 5,6%
• PMDB: 2,1%
• PSB: 1,1%
• PSOL: 0,7%
• PDT: 0,6%
• Outro: 4,7%
• Nenhum: 20,0%
• Não sabe/não respondeu: 46,1%

1º turno (pesquisa estimulada):

• Dilma: 33,4%
• Marina: 20,7%
• Aécio Neves: 15,2%
• Eduardo Campos: 7,4%
• Nenhum/Branco/Nulo: 17,9%
• Não sabe/não respondeu: 5,4%

2º turno (pesquisa estimulada):

Cenário 1:

• Dilma: 39,6%
• Aécio: 26,2%
• Nenhum/Branco/Nulo: 28,0%
• Não sabe/não respondeu: 6,2%

Cenário 2:

• Marina: 35,6%
• Aécio: 23,3%
• Nenhum/Branco/Nulo: 32,4%
• Não sabe/não respondeu: 8,7%

Cenário 3:

• Dilma: 42,1%
• Eduardo Campos: 17,7%
• Nenhum/Branco/Nulo: 32,7%
• Não sabe/não respondeu: 7,5%

Cenário 4:

• Marina: 40,5%
• Eduardo Campos: 15,1%
• Nenhum/Branco/Nulo: 34,5%
• Não sabe/não respondeu: 9,9%

Cenário 5:

• Dilma: 38,2%
• Marina: 30,5%
• Nenhum/Branco/Nulo: 25,2%
• Não sabe/não respondeu: 6,1%

Cenário 6:

• Aécio: 29,7%
• Eduardo Campos: 16,4%
• Nenhum/Branco/Nulo: 42,0%
• Não sabe/não respondeu: 11,9%

A 114ª pesquisa CNT/MDA foi realizada entre os dias 7 e 10 de julho junto a 2.002 eleitores de 134 municípios de 20 unidades da federação. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais, com 95% de nível de confiança.


  • Atualmente 3/5 Estrela(s).
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5

Rate 3/5 estrela(s) [ 134 voto(s) computado(s) ] Obrigado pelo seu voto!

Enviar |
Imprimir |
[ + ]
ver mais |
[ < ]
voltar |

Compartilhar
Últimas notícias

08:23 - Preços ao consumidor variam 0,58% na terceira semana de novembro em SP

08:15 - Brasil e Uruguai iniciam sistema de pagamentos em moedas locais na próxima segunda-feira

07:55 - Senado aprova a guarda compartilhada obrigatória de filhos

07:43 - Por falta de quórum, votação de nova meta de superávit fica para a próxima terça

07:33 - Câmara aprova em 2º turno a PEC que aumenta repasse aos municípios

13:04 - Brasil lidera lista dos melhores destinos do mundo para se visitar em 2015

11:25 - Dilma sanciona lei que altera correção da dívida de estados e municípios

11:03 - Juros do crédito sobem para 21,3% e inadimplência cai para 2,9% em outubro, aponta BC

10:56 - Estoque de crédito soma R$ 2,92 trilhões em outubro, 57,3% do PIB

10:16 - IDV projeta crescimento de 3,7% das vendas no varejo em novembro e de 3,5% em dezembro

Todos os direitos reservados - Cidade Biz©2014    desenvolvido por  |